• bannerfull
  • bannerfull

Equipes de busca recuperam caixa preta do avião que caiu na Rússia

Ministro russo afirma que serão necessários exames de DNA para identificar as 71 vítimas fatais do voo que caiu perto de Moscou

Autoridades russas anunciaram na noite deste domingo (11) que recuperaram a caixa preta do avião AN-148 da Saratov Airlines que caiu na cidade de Argunovo, perto de Moscou, matando todas as 71 pessoas que estavam a bordo.

Segundo o ministro de Emergências da Rússia, Sergey Poletykin, informou ao Russia Times, além do sistema de gravação da aeronave, as equipes de resgate também já conseguiram resgatar dois corpos das vítimas do acidente.

Para o ministro de Transportes russo, Maxim Sokolov, que lidera a comissão governamental encarregada de investigar o acidente, para realizar o trabalho de identificação das vítimas, serão necessários exames de DNA.

A lista de passageiros divulgada pelo Ministério de Emergências indica que a aeronave levava 68 russos, sendo três crianças, e três passageiros de outros países — um da Suíça, um do Azerbaijão e outro do Cazaquistão.

O avião desapareceu dos radares minutos depois de decolar do aeroporto internacional de Domodedovo, em Moscou.

veja também

Tudo o que se sabe sobre o acidente de avião com 71 vítimas na Rússia
Queda de avião russo é 1º acidente após ano mais seguro para aviação em 2017

A aeronave ia para a cidade de Orsk, ao sul dos montes Urais, às 14h21 no horário local (9h21 em Brasília) e o controle de tráfego aéreo perdeu contato com os pilotos alguns minutos depois.

O Comitê de Instrução da Rússia indicou que não descarta nenhuma linha de investigação. "Serão investigadas todas as possíveis causas do acidente: as condições do tempo, o fator humano, o estado do avião e outros desenvolvimentos dos eventos", afirmou a porta-voz do comitê, Svetlana Petrenko.

Comentários

Praça Mário Dourado, 78
Centro - Irecê-Ba
Cep: 44900-000
netools comunicação digital
Caraíbas FM - Todos os direitos reservados © - 2018